TEMPO

…au galop, au galop, au galop,
…au trot, au trot, au trot,
…au pas, au pas, au pas,
no passo dum impasse voltei-me pra dentro de onde começou a bater.
com o tempo veio o ritmo,
com o tempo veio a envolvência, veio toda a doçura de lugares conhecidos.
ao limite da revisitação
a toda a pressa leva-se a tempo uma mudança de ritmo.
mas só fora o tempo passa, dentro aplaca-se o frenesim na calma duma cela solitária.
entre monstros navega-se tão calmamente.
a tempo, a tempo, a tempo,
temps, attends…

 

O TEMPO de um passo,
O TEMPO de um compasso,
O TEMPO de um poema,
O TEMPO de uma emoção,
O TEMPO de um tema,

O TEMPO destas gerações pós-guerra que ainda hoje parecem controlar o tempo de melodias para sempre enraizadas nas nossas memórias. TEMPO é um projecto musical onde nos debruçamos sobre a música francófona através dos seus cantautores mais representativos. Dando especial destaque a Jacques Brel e a Leo Ferré viajamos pelo mundo emocional de Barbara, o encantamento de Trenet, a loucura de Gainsbourg, o surrealismo de Boris Vian, a intemporalidade de Piaf (que não sendo cantautora é figura incontornável da musica francesa do seculo passado).

A voz procura uma linguagem musical e sonoridade próprias através da apropriação da palavra e do poema como força motora para o canto. O piano não simplesmente como instrumento «acompanhador» mas como instrumento introdutório de improviso e composição. Em o TEMPO criámos paisagens sonoras que achamos necessárias para a procura de uma identidade artística própria e com uma componente cénica forte fazendo-nos mergulhar nas raízes das nossas memórias infantis. Os ambientes crescem na sonoridade de uma caixa de música, no tempo de um passo, no compasso de um pêndulo.

 

Para sublinhar, ou não, todo este mundo adormecido nas nossas memórias da nossa imaginação juntou-se uma componente visual e imagética que acentua sentimentos e emoções; ás vezes, parando-os no tempo outras acelerando o movimento transportando-nos para ainda mais longe. Talvez menos para o passado e mais ao tempo universal destes temas que é o presente.

Repertório

La Vie D’Artiste LEO FERRÉ
Les Feuilles Mortes JACQUES PREVERT
JOSEPH KOSMA
Que Reste t-Il De Nos Amours? CHARLES TRENET
Les Vieux JACQUES BREL
La Chanson Des Vieux Amants JACQUES BREL
La Vie Est Comme Une Dent BORIS VIAN
Avec Le Temps LEO FERRÉ
Dis, Quand Reviendras-Tu? BARBARA
Pourquoi Que Je Vis? BORIS VIAN
La Javanaise SERGE GAINSBOURG
La Complainte Du Progrés BORIS VIAN
ALAIN GOURAGUER
Est-Ce Ainsi Que Les Hommes Vivent? LOUIS ARAGON
LEO FERRÉ
Une bonne paire de claques BORIS VIAN
Vesoul JACQUES BREL
Padam HENRI CONTET
NORBERT GLANZBERG
India Song MARGUERITE DURAS
CARLOS ALESSIO
Ne Me Quitte Pas JACQUES BREL

produto-tempo1

Ficha Artística

concepção e voz ADRIANA QUEIROZ
piano e arranjos FILIPE RAPOSO
sonoplastia ADRIANA QUEIROZ
ANTÓNIO PINHEIRO DA SILVA
apoio vocal LUIS MADUREIRA
desenho de luz HELENA GONÇALVES
PEDRO MENDES
banco de imagem TIAGO GUEDES e FREDERICO SERRA
NÚCLEO CASULO
participação em filme ADRIANA QUEIROZ
CLÁUDIA JARDIM
SANDRA ROSADO
FÉLIX LOZANO
IVO CANELAS
PAULO PINTO
ROMEU RUNA
video ARTICA
produção PAQ – PRODUÇÕES ADRIANA QUEIROZ

Vídeos